10 outubro, 2019

Convite público transfronteiriço para os Prémios de Conciliação e Igualdade


Foi lançada a 3ª edição do concurso público transfronteiriço de prémios para o reconhecimento de empresas com um percurso notável na implementação da política de conciliação e igualdade, no âmbito do projeto POCTEP GEMCAT “Geração de Emprego de Qualidade Transfronteiriço”.

O principal objetivo é promover e incentivar a incorporação da igualdade de oportunidades e a conciliação da vida profissional, familiar e pessoal na gestão dos recursos humanos das organizações, tornar visíveis as organizações que adotam modelos de gestão que promovem a igualdade de oportunidades e a conciliação da vida profissional, familiar e pessoal, e reconhecer as boas práticas em termos de igualdade e conciliação.

Os prémios estão abertos a empresas privadas transfronteiriças (com sede na zona transfronteiriça e/ou atividade transfronteiriça) que, através das suas políticas e sistemas de gestão, desenvolvam ações responsáveis no domínio do equilíbrio entre vida profissional e familiar e da igualdade, demonstrando assim o seu empenho ativo na sociedade. As empresas interessadas em apresentar a sua candidatura deverão fazê-lo através do formulário online até 1 de dezembro de 2019. Todas as informações estão disponíveis em www.gemcat.eu

Portugal ocupa a 34ª posição no índice de Competitividade Global 4.0


O Índice de Competitividade Global 4.0, promovido pelo Fórum Económico Mundial, mede a competitividade de 141 países, através da avaliação de indicadores relacionados com as instituições, políticas e produtividade, entre outras.

Na edição de 2019, Portugal manteve a 34ª posição. As melhores classificações foram conseguidas nos pilares das infraestruturas (21º lugar), saúde (22º), dinamismo dos negócios (28º), instituições (30º), capacidade de inovação (31º) e adoção de tecnologias de informação e comunicação (34º). Em oposição, os indicadores com piores avaliações foram a estabilidade macroeconómica (62º lugar), a dimensão do mercado (51º), o mercado de trabalho (49º), as competências (43º) e o mercado de bens (39º).

Quando olhamos em maior detalhe para os indicadores em concretos, há várias componentes em que o nosso país regista muito bom desempenho, nomeadamente inflação (1º lugar), incidência de terrorismo (1º lugar), eletrificação (2º), barreiras alfandegárias (6º) e tarifas alfandegárias (7º), acordos ambientais (7º), regulamentação de insolvências (7º), qualidade de estradas (8º), regulamentação da eficiência energética (9º) e o crime organizado (9º).

Os resultados foram obtidos através da realização de um inquérito feito a empresas (150 no caso de Portugal) e em algoritmos que têm em conta vários indicadores estatísticos. No 5 primeiros lugares do ranking aparecem Singapura, Estados Unidos da América, Hong Kong, Holanda e Suíça. Em termos gerais, o Fórum Económico Mundial conclui que decorridos 10 anos da crise financeira global a economia mundial permanece estagnada apesar de todos os esforços dos bancos centrais.

Para mais informações sobre o estudo poderão aceder a www.weforum.org/reports

03 outubro, 2019

21.ª Edição do Prémio Jovem Empreendedor


A ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários, dinamiza uma das mais antigas distinções nacionais concedidas a promotores de ideias de negócio e a fundadores de empresas em fases iniciais de desenvolvimento.

As candidaturas estão abertas até ao dia 15 de outubro, devendo os candidatos (com idades compreendidas entre os 18 e 40 anos) apresentar, através de um formulário online, um plano de negócio que descreva, explique e fundamente o respetivo projeto de criação ou expansão de uma empresa.

Para mais informações poderão aceder a premiojovemempreendedor.anje.pt

Semana Europeia das PME 2019


A Semana Europeia das PME é uma iniciativa da Comissão Europeia, que tem como objetivo a promoção do empreendedorismo, dinamizando a disponibilização e a facilidade de acesso a informação sobre apoios da União Europeia e nacionais dirigidos às empresas, englobando um alargado leque de eventos.

É possível integrar eventos privados ou públicos no calendário da Semana Europeia das PME, bastando para isso o preenchimento de formulário próprio, seja este evento organizado por uma empresa ou por uma entidade pública ou privada da envolvente empresarial, incluindo instituições de ensino. Os eventos selecionados para integrar a Semana Europeia das PME podem utilizar a marca da iniciativa nos seus suportes de comunicação e beneficiam de divulgação no website da Comissão Europeia.

Mais informações disponíveis em ec.europa.eu

Já abriram candidaturas a um prémio à instalação para Jovens Agricultores


No âmbito do PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural, os jovens agricultores do continente podem candidatar-se ao prémio à instalação até 8 de novembro. As candidaturas apresentadas devem fomentar o rejuvenescimento das empresas agrícolas e aumentar a atratividade do setor aos jovens, promovendo o investimento e a participação no mercado.

Para serem elegíveis os beneficiários devem enquadrar-se na categoria de micro ou pequenas empresas e ter um investimento, por jovem agricultor, superior a 25 mil euros. O apoio previsto consiste num prémio à instalação, sob a forma de subvenção não reembolsável (fundo perdido), no valor de 20 mil euros, para um investimento igual, ou superior, a 25 mil euros. No caso de investimentos superiores a 100 mil euros o valor do prémio é acrescido em 5 mil euros.

As candidaturas decorrem até ao dia 8 de novembro de 2019, devendo a sua apresentação ser efetuada através de submissão de formulário eletrónico disponível em balcao.pdr-2020.pt.

26 setembro, 2019

Lançado programa de apoio à eficiência energética nas empresas


Encontram-se abertas as candidaturas para a “Promoção da Eficiência Energética e da Utilização das Energias Renováveis nas Empresas” do Programa do Norte 2020. Este aviso pretende apoiar projetos que contemplem a implementação de ações que visem o aumento da eficiência energética e a utilização de energias renováveis para autoconsumo nas empresas.

Podem candidatar-se a este apoio as PME de qualquer sector de atividade, existindo, porém, algumas exceções, nomeadamente, as empresas cuja atividade principal seja o comércio por grosso ou a retalho, a restauração e alojamento e as empresas de consultoria informática, científicas e técnica, entre outras.

O apoio assume a forma de incentivo reembolsável (empréstimo sem juros), sendo que a taxa máxima sobre o investimento elegível não poderá ultrapassar os 70%. Existe ainda a possibilidade de uma parte deste apoio se tornar num subsídio a fundo perdido caso se verifique uma taxa de redução do consumo de energia primária superior a 10%, após a realização dos investimentos. As candidaturas encontram-se a decorrer até 15 de outubro de 2019 e todas as informações sobre este incentivo estão disponíveis em www.norte2020.pt

CONVERTE +: novo apoio à contratação


Foi publicada em Diário da República a portaria n.º 323/2019 que regula a criação da medida Converte +. Esta medida constitui um apoio transitório à conversão de contratos de trabalho a termo em contratos de trabalho sem termo, através da concessão, à entidade empregadora, de um apoio financeiro.

O montante de apoio financeiro atribuído à entidade empregadora corresponde a quatro vezes a remuneração base mensal prevista no contrato de trabalho sem termo até um limite de sete vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS), ou seja, 3.050,32€. Este apoio pode ainda ser majorado quando a conversão for relativa a um contrato celebrado com trabalhadores com dificuldades particulares de acesso ao emprego; relativo a posto de trabalho localizado em território economicamente desfavorecido; ou, celebrado com trabalhador do sexo sub-representado em determinada profissão. Com as majorações, que são cumuláveis entre si, o valor do apoio pode atingir o máximo de 4.575,48€. 

As candidaturas estão abertas até 31 de dezembro e devem ser submetidas pelas entidades empregadoras através do portal IEFP online. Mais informações em www.iefp.pt.